Gestão Tag

lean-management-bphl-assessoria

No meu primeiro dia de estágio fui confrontada com uma realidade de termos novos que desconhecia relativamente à área da Gestão e do Marketing. Um deles captou a minha atenção: o Pensamento Lean ou Lean Thinking, como é conhecido no meio. Desde esse momento que pensei em escrever e perceber mais sobre o Lean Management , para assim desenvolver conhecimento e competências com base nesta filosofia.




O que é Lean Management ?


Após pesquisa percebi que se trata de um conceito que procura todas as ineficiências, colocando-as transparentes e à vista da organização, de modo a transformá-las em atividades de valor acrescentado. Pode ser entendido como uma base que engloba várias perspetivas sobre as organizações e como pode ser aplicada em várias vertentes, não importa se a organização é empresarial, privada, pública ou de caráter social.

Lean Management teve origem no Japão, nomeadamente, na indústria automóvel. Decorre do Fordismo e mais recentemente do Lean Manufacturing associado ao modelo do sistema de produção Toyota Production System (TPS). Foi criado por Taiichi Ohno e Eiji Toyoda entre 1947 e 1975, consistindo num sistema eficiente de produção, no qual a Toyota iria produzir um carro cada vez com eficiência, com toda a qualidade e que satisfaça todos os requisitos que o cliente pretende.

Criar Valor para o Cliente e Otimizar Recursos

De acordo com Sousa (2020, apud Bertagnolli, 2018), o principal objetivo do Lean Management, é «criar valor para o cliente otimizando os recursos e criar um fluxo de trabalho com início nos valores reais de procura do cliente». Na prática, com o Lean Management eliminam-se desperdícios inclusivé de tempo, esforço e dinheiro ao excluir de cada etapa de processo, o que não agrega valor.

Com o aumento da competitividade entre as organizações, surgiu a necessidade de analisar e estudar as atividades logísticas, de maneira a identificar os problemas e limitações que provocam perdas e desperdícios na cadeia de valor. Deste modo, torna-se fundamental reduzir os custos das empresas, encaminhando-as para obter melhores desempenhos, através da minimização ou eliminação das atividades que não acrescentam valor nos processos empresariais.

Segundo Sousa (2020), o Lean Thinking foca-se sobretudo em:

 

  • O CLIENTE é o foco de toda a operação;
  • O conceito de VALOR ;
  • Eliminação do DESPERDÍCIO em todas as áreas da cadeia de valor;
  • MELHORIA CONTÍNUA (KAIZEN) nos processos, produtos, propósitos e pessoas;
  • Colocar as PESSOAS no centro de todas as atividades e processos.

7 princípios do
Lean Thinking:

De acordo com Pinto (2009):


1. CONHECER QUEM SERVIMOS

2. DEFINIR OS VALORES

3. DEFINIR AS CADEIAS DE VALOR

4. OTIMIZAR O FLUXO

5. IMPLEMENTAR O PULL SYSTEM

6. PROCURA PELA PERFEIÇÃO

7. INOVAR CONSTANTEMENTE

 

É importante referir que o Lean Management promove aspetos da gestão de recursos humanos, como o caso de: bom ambiente de trabalho (motiva os colaboradores a uma maior produtividade); definição clara de objetivos a curto e a longo prazo; comunicação eficaz que resolve problemas; motivação adequada (é fundamental que os gestores percebam quais as motivações pessoais de cada indivíduo); desperdício de potencial humano (é recomendado que se consultem os funcionários que lidam regularmente com o problema que queremos solucionar); desenvolvimento dos funcionários (investir nas pessoas é investir na empresa) e liderança (o líder deve ser capaz de trabalhar em equipa e mostrar respeito pelos seus colegas e colaboradores).

 

 8 Benefícios do Lean Management na sua empresa: 

 
  1. Mais eficiência nas atividades e no trabalho
  2. Gestão simplificada em todos os processos
  3. Melhor controlo de qualidade
  4. Redução de resíduos
  5. Equipa Motivada
  6. Mais segurança no Trabalho
  7. Eliminação de falhas
  8. Fortes perspetivas de futuro

Em suma, o Lean Management é uma filosofia de gestão focada na melhoria contínua e voltada para a produtividade, que coloca o valor do cliente no centro das preocupações da empresa e que procura combater incessantemente os custos e desperdícios desnecessários. Contribui significativamente para a otimização de recursos humanos e físicos, com impacto direto na qualidade de trabalho e na motivação das pessoas, canalizando assim a energia para as atividades que efetivamente geram valor à organização e consequentemente, ao seu cliente!

Iniciar conversa
1
não hesite em falar connosco!
Olá!
Não hesite em falar connosco, encontramo-nos ao dispor.