Branding … Qual a importância?

Branding … Qual a importância? Passo a passo para aumentar a relevância da marca no mercado e potencializar a sua visibilidade

Branding … Qual a importância?

B
R
A
N
D
I
N
G

Branding 

A palavra branding é um estrangeirismo como tantos outros habitualmente utilizados. Significa gestão da marca. 

O objetivo do branding é tornar uma marca mais desejada, com uma imagem mais positiva! Isto é válido tanto para os seus atuais clientes, como para o público em geral e potenciais novos clientes.  

Esta ferramenta é muito mais que apenas a parte gráfica, o logotipo ou o nome da marca! No branding envolvemo-nos com a verdadeira essência da empresa, tal como valores, missão ou o posicionamento da mesma. É fundamental que a marca seja planeada, estruturada, gerida e promovida. Assim sendo, é por aqui que devemos começar a criar! 

 

Quais os benefícios? 

Uma boa gestão da marca permite-nos aumentar a sua relevância no mercado e potencializar a sua visibilidade, enquanto se obtém uma imagem positiva e de prestígio perante o seu público. Consequentemente, essa imagem permitirá que o negócio da sua empresa cresça de forma estável e duradoura – Notoriedade da Marca. A importância do branding começa a tornar-se evidente, certo? 

 

Mas o que é afinal uma marca? 

A marca pode definir-se como o conjunto de experiências, sentimentos e emoções que os clientes têm do respetivo serviço ou produto que está a ser apresentado. Contudo, convém salientar que o modo como uma pessoa entende a marca é pessoal, ou seja, nunca será interpretada da mesma forma pelos demais. 

Quando o branding é bem executado a marca “apodera-se” da empresa. A empresa é a marca e a marca é a empresa! Confuso?! Entenda como um reconhecimento que não necessita nomes ou expressões – é este o fator diferenciador! A marca evidencia-se no mercado, independentemente da concorrência. E esta é a magia do branding 

Passos para bom Branding

1º Passo: Definição do posicionamento 

Este passo é fundamental na perceção que o público tem da marca e como a distingue dos restantes concorrentes.  

Uma apresentação distintiva, permite que a marca defina um posicionamento específico na mente dos consumidores. 

 

2º Passo: Definição do cliente ideal  

A definição do cliente ideal é determinante para obter a combinação perfeita entre as escolhas e preferências do consumidor, as estratégias adotadas e o posicionamento da marca no mercado. Se o branding desenvolvido pela marca for bem percecionado na mente dos consumidores, a probabilidade de gerar vendas é exponencial. Em sentido oposto, se a marca tem uma performance menos positiva na vida e na mente dos consumidores, a vontade de comprar reduz substancialmente.  

 

Para que um negócio se estabeleça duradouramente no mercado, estes dois passos são essenciais. Conhecer a sua própria marca, defini-la, diferenciá-la e respeitar os seus clientes, são a chave para o sucesso de qualquer entidade. 

 

Tenha atenção para nunca confundir Marketing com Branding – é um erro comummente praticado e que deve evitar. Neste sentido, vamos clarificar os conceitos… 

Quando falamos destes dois tópicos e à primeira vista, podemos ser induzidos em erro e pensar que são exatamente o mesmo. Errado! Marketing e Branding são complementos um do outro, não sinónimos. 

O Marketing é responsável por chamar a atenção das pessoas. Ou seja, o Marketing carateriza-se pelo conjunto de estratégias adotadas para que as pessoas se interessem pela marca. Por outro lado, o branding encarrega-se de manter essa atenção. Duas noções distintas que se completam!  

No marketing, as ações que se estabelecem são mais diretas e precisas, com foco na obtenção de vendas. Por sua vez, o branding é bem mais complexo. O seu propósito é obter reconhecimento, reputação e lealdade. Desta feita, o branding de uma marca tem que estar sempre em primeiro lugar, pois é muito mais que vendas! Uma marca não é algo momentâneo. Uma marca é para sempre! Como tal, o branding é utilizado essencialmente como um instrumento para moldar ativamente a marca e a sua perceção. Branding não está associado ao produto X ou ao serviço Y, mas à marca em si! É “a” identidade e a sua reputação. 

 

Esclarecidos?! Espero que sim 😉

🌻 Ainda com dúvidas?! Nós esclarecemos: BPHL Assessoria 

Patrícia Brás Gomes
Iniciar conversa
1
Não hesite em falar connosco!
Olá!
Não hesite em falar connosco, encontramo-nos ao dispor.